Eventos adversos pós-vacinação contra febre amarela

A vacina contra febre amarela é altamente imunogênica (confere imunidade em 95% a 99% dos vacinados), bem tolerada e raramente associada a eventos adversos graves. É constituída de vírus vivo atenuado e produzida em cultura de ovo de galinha. É recomendada a partir dos 9 meses de idade e indicada na rotina de áreas endêmicas, áreas de transição e áreas de risco potencial para febre amarela. É também indicada para viajantes a essas áreas, porém sua administração deve ocorrer com 10 dias de antecedência (BRASIL, 2008).

 

 Eventos adversos pós-vacinação contra febre amarela

febre amarela

 

Referência:

  • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica.  Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação – Brasília: Ministério da Saúde, 2008.