Eventos adversos após vacina oral de rotavírus humano – VORH

A vacina rotavírus utilizada no Brasil é a de humanos denominada vacina oral de rotavírus humano (VORH). A vacina rotavírus G1P1[8] (atenuada) é indicada para a prevenção de gastrenterites, ou seja, protege contra as complicações decorrentes da infecção pelo Rotavírus, especialmente nas crianças com idade entre seis e 24 meses que é a faixa etária mais vulnerável e na qual se observa a maior carga da doença. Embora monovalente é especialmente eficaz já que também oferece proteção cruzada contra outros tipos de vírus (BRASIL, 2008).

 

 Eventos adversos após vacina oral de rotavírus humano – VORH

 rotavirus

 

Referência: 

  • Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica.  Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação – Brasília: Ministério da Saúde, 2008.