Varicela

A varicela ou catapora é uma doença infecciosa que se apresenta, habitualmente, com febre baixa e lesões vesiculares generalizadas, pruriginosas, concentradas, em sua maioria, no tronco e na face, com menor presença nas extremidades (braços e pernas). As lesões podem atingir as mucosas e nunca aparecem nas mãos e nos pés. Aparecem, de forma geral, 250 a 500 vesículas. Nos adolescentes e adultos a doença é mais exuberante e os imunocomprometidos apresentam maior risco de complicações. A maioria dos casos (90%) ocorre em pessoas com menos de 15 anos de idade. A infecção primária produz a doença. Depois da infecção primária o agente infeccioso pode permanecer latente nos gânglios nervosos próximos à medula espinhal e a sua reativação causa o herpes zoster.

O herpes zoster é uma doença que apresenta lesões vesiculares e dor intensa em uma a três zonas do corpo, relacionadas às terminações dos nervos acometidos. O herpes zoster é menos contagioso que a catapora porque a transmissão ocorre somente pelo contato direto com as lesões.

O agente infeccioso é o vírus da varicela-zoster ou Herpesvirus varicellae, pertencente à família Herpesviridae.
O reservatório é o indivíduo infectado. Já a fonte de infecção é o homem doente.
A varicela se transmite por intermédio do contato direto com secreções das lesões vesiculares e da nasofaringe da pessoa infectada. A  porta de entrada habitual é a mucosa do trato respiratória superior. A infecção ocorre por inalação de gotículas das secreções respiratórias ou de aerossóis nos quais se encontram os vírus liberados das lesões cutâneas dos doentes. Há possibilidade de transmissão a partir de objetos (fômites) recém-contaminados com secreções mucosas ou cutâneas.

período de incubação é de 10 a 21 dias, sendo, em média, 14 dias. A transmissibilidade ocorre um a dois dias antes do aparecimento das vesículas, até cinco a seis dias depois, enquanto houver a presença de lesões úmidas. O período de transmissibilidade é mais prolongado em pessoas imunodeprimidas, como, por exemplo, pacientes de câncer e aids.

A suscetibilidade é universal. A imunidade é adquirida por meio da doença ou pela administração da vacina contra a varicela.

Referência: 

  • Bahia. Secretaria da Saúde. Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde. Diretoria de Vigilância Epidemiológica. Coordenação do Programa Estadual de Imunizações. Manual de procedimento para vacinação. Salvador: DIVEP, 2011.